Selante

O selante é uma película protetora aplicada sobre os sulcos dos pré-molares e molares. Seu material é resinoso e, quando aplicado ao dente, forma uma película bem fininha criando assim, uma barreira física para a proliferação de bactérias e o acúmulo de alimentos. Antigamente acreditava-se que a aplicação de selante em todos os dentes era um método preventivo bastante eficaz contra a cárie. Entretanto, muitos estudos revelaram que não é bem assim. Os selantes, na verdade, têm indicação específica.

Os selantes devem ser aplicados em dentes que apresentam sulcos profundos, especialmente os permanentes jovens, como os molares, principalmente em crianças que têm um alto risco de cárie. Sulcos profundos dificultam uma higienização adequada. A aplicação de uma película “tampando” esses sulcos facilita a escovação. Além disso, crianças que têm uma alimentação rica em açúcar também merecem atenção quanto ao uso dos selantes. Mas, neste caso, é preciso uma mudança nos hábitos alimentares, pois somente o selante não será capaz de prevenir a cárie. Porém, o dentista é quem deve dizer quando e como fazer a aplicação do selante.

Os selantes servem para preencher cortes e superfícies ásperas. A face lisa em que o selante transforma a superfície do dente não permite que bactérias ou restos alimentares (fatores causadores de cárie) se acumulem.

Os selantes servem para preencher cortes e superfícies ásperas. A face lisa em que o selante transforma a superfície do dente não permite que bactérias ou restos alimentares (fatores causadores de cárie) se acumulem.

PERGUNTAS FREQUENTES

Como o tratamento de selante é feito?

A aplicação leva poucos minutos. Primeiro, o dente deve ser limpo, depois sua superfície rugosa é preparada e o selante é aplicado, ficando aderido à superfície rugosa do dente.

A aplicação do selante é dolorida?

Não dói nada aplicar selantes nos dentes. Quando o selante é aplicado, ele escorre e penetra nas fóssulas e fissuras do dente.

É preciso fazer a reaplicação do selante?

Com a mastigação, irá ocorrer um desgaste natural dessa película protetora e por isso, para manter o efeito protetor, há necessidade de verificação periódica durante as visitas de retorno. Assim, o dentista determinará se a reaplicação é necessária.

Entre em contato conosco