Fonoaudiologia

A Conquist trata seus pacientes de forma multidisciplinar, ou seja, utiliza ferramentas de várias áreas da saúde para oferecer o tratamento ideal para cada cliente. No caso da Fonoaudiologia, inicialmente requisitada pelo dentista para auxiliar nos tratamentos ortodônticos, passou a ser uma especialidade imprescindível para o sucesso de outros tratamentos como: próteses, implantes, reabilitações estéticas e outros. A respiração, mastigação, deglutição, sucção e fala fazem parte do sistema Estomatognático, e a área da Fonoaudiologia conhecida como Motricidade Oro-Facial é responsável pela prevenção e tratamento de todo esse sistema e também dos órgãos fonoarticulatórios (lábios, língua, bochechas, palato duro e mole). Problemas como restaurações incorretas, falta de dentes, próteses mal adaptadas, dentre outros, provocam modificações dentro da cavidade bucal do paciente, repercutindo diretamente na fala.

A emissão e articulação dos sons dependem totalmente do posicionamento da língua e da sua capacidade de movimentação, da presença dos dentes, de como os lábios se movimentam e até mesmo das bochechas. Por isso, o profissional Fonoaudiólogo faz parte da Equipe Clínica da Conquist.

 

Possibilidades de atuação conjunta:

Devido à movimentação inadequada e o mau posicionamento de mandíbula, é comum que os pacientes apresentem como principais alterações fonoaudiológicas:

  • Língua apresentando uma musculatura com tônus mais rebaixado e anteriorizada, configurando seu posicionamento inadequado;
  • Mastigação ruidosa, unilateral e muitas vezes feita de boca aberta, podendo estar relacionada a uma descompensação de força muscular entre os hemisférios faciais direito e esquerdo.
  • Assimetria facial;
  • Deglutição atípica;
  • Distorção de alguns fonemas na fala;
  • Movimentação atípica da mandíbula durante fonação;
  • Tensão da musculatura facial e dor na face;
  • Dificuldades mastigatórias;
  • Dificuldades respiratórias.

 

Ortodontia

De acordo com o tipo de maloclusões, podem ser observadas alterações musculares e funcionais que devem ser consideradas ao longo do tratamento ortodôntico, como:

  • Postura de língua inadequada;
  • Alteração de tônus muscular de lábios, língua e bochechas;
  • Deglutição com interposição de língua ente os dentes incisivos centrais;
  • Tensão e contração de mentalis;
  • Dificuldades mastigatórias;
  • Dificuldades respiratórias;
  • Pouca força de sucção;
  • Ceceio anterior (distorção na emissão de fonemas linguodentais /t/,/d/,/n/,/l/);
  • Mordida Aberta Anterior;

 

Mordida Cruzada Posterior Unilateral

  • Alterações musculares de face, principalmente de musculatura mastigatória;
  • Mastigação unilateral devido à diminuição do espaço vertical e dificuldade de executar o balanceio;
  • Assimetria facial;
  • Dificuldades respiratórias;
  • Alterações posturais;
  • Hiperfunção e tensão da musculatura do lado predominante da mastigação;
  • Ceceio lateral (emissão de fonemas fricativos /s/ e /z/).

 

Prognatismo

  • Posicionamento de língua inadequado;
  • Língua flácida (hipotônica), alargada, posicionada sobre os dentes inferiores;
  • Mastigação em charneira, com dificuldade de lateralização mandibular;
  • Pressionamento inadequado de língua contra o palato no ato da mastigação;
  • Deglutição atípica, com anteriorização de língua;
  • Tensão exagerada de musculatura peri-oral;
  • Ceceio anterior ( distorção na emissão de fonemas linguodentais /t/,/d/,/n/,/l/).

 

Retrognatismo

  • Lábio superior hipofuncionante, favorecendo o posicionamento inadequado de lábios, mantendo-se abertos;
  • Tendência à respiração oral;
  • Alterações respiratórias;
  • Alteração da função mastigatória;
  • Lábio inferior retrovertido, apresentando musculatura hipotônica;
  • Possibilidades de desenvolver hábitos inadequados de sucção de lábio inferior;
  • Mau posicionamento de língua;
  • Deglutição com interposição de lábio inferior e pressionamento atípico de língua;
  • Alteração muscular de face;
  • Possibilidades de alterações na produção de fonemas fricativos /s/, /z/, /f/, /v/ e fonemas linguodentais /t/,/d/,/n/,/l/.

PERGUNTAS FREQUENTES

 

Como será a atuação Fonoaudiológica no meu tratamento?

O primeiro passo consiste em uma avaliação bem detalhada de todos os relatos e queixas do paciente durante a consulta. Em seguida, realizaremos uma avaliação de todo o complexo oro-facial, estruturas, musculatura, mastigação, deglutição, sucção, respiração e fala, podendo assim realizar um relatório fonoaudiológico, encaminhando para o profissional de odontologia a fim de estabelecermos uma atuação multidisciplinar onde facilita-se a percepção de resultados positivos em muito menos tempo. Também, como complemento, uma reavaliação mensal fonoaudiológica deverá estar presente durante o tratamento. Se avaliado que o paciente necessita de um processo fonoaudiológico, o mesmo será realizado aos poucos, assim o terapeuta tem condições de avaliar todo o processo de acomodação muscular e funcional.

O que esperar tecnicamente do meu tratamento de Fonoaudiologia?

  • Mioterapia e Trabalho Proprioceptivo;
  • Termoterapia;
  • Crioterapia;
  • Massagens;
  • Estimulação em Pontos Motores da face;
  • Trabalho Funcional: respiração, mastigação, deglutição, sucção e fala.

Entre em contato conosco