Clareamento dental externo

A busca por um sorriso mais branco é cada dia mais comum. O clareamento ou branqueamento dental é uma solução não invasiva que clareia a superfície dental, aperfeiçoando o sorriso.

O clareamento dental pode ser realizado devido à permeabilidade dos dentes, que permite que as moléculas do gel clareador penetrem na intimidade do esmalte e da dentina.

Fatores externos, como ingestão exagerada de alimentos e substâncias que contenham corantes fortes, podem criar manchas nos dentes e irregularidades no esmalte. Dentes assim podem ser clareados através de géis ou produtos oxidantes (liberadores de oxigênio)

Fatores externos, como ingestão exagerada de alimentos e substâncias que contenham corantes fortes, podem criar manchas nos dentes e irregularidades no esmalte. Dentes assim podem ser clareados através de géis ou produtos oxidantes (liberadores de oxigênio)

 

PERGUNTAS FREQUENTES

Qualquer pessoa pode clarear seus dentes?

A partir dos 16 anos de idade, qualquer pessoa pode clarear os dentes. No entanto, este procedimento não é recomendado para pacientes que apresentam lesões cariosas, restaurações extensas e/ou deficientes, gengivites ou problemas periodontais, que tenham sido submetidas à cirurgia gengival/peridontal recentemente, ou que apresentem outros problemas que possam provocar hipersensibilidade durante o clareamento. O produto é ainda contra-indicado para pessoas que apresentam reações alérgicas ao produto.

Como será o meu clareamento dental?

Os dentes podem ser clareados através de gel ou pastas oxidantes (liberadoras de oxigênio) de duas maneiras:

Clareamento dental a laser – o dentista isola os dentes para proteger a gengiva e aplica um agente oxidante forte, que recebe um feixe de luz para acelerar uma reação química que possibilita o branqueamento mais rápido dos dentes. Esse tipo de tratamento deve ser realizado apenas na clínica, com o acompanhamento de um cirurgião dentista.

Clareamento dental comum – o paciente leva um gel oxidante fraco junto com uma placa de clareamento para usar diariamente em casa pelo período determinado pelo cirurgião dentista.

Quais os cuidados que o paciente deve tomar com a alimentação durante o clareamento?

Durante o clareameto externo alguns cuidados devem ser tomados com a alimentação. Deve-se evitar o consumo excessivo de alimentos corantes, como cenoura, beterraba, café, chá, vinho tinto, entre outros. Deve-se evitar também o consumo de bebidas cítricas e à base de cola, pois podem aumentar a sensibilidade.

Pacientes grávidas ou amamentando podem fazer clareamento dental?

Embora não haja dados científicos que descrevam danos ao feto ou ao bebê pela realização de clareamento dental externo, não recomendamos sua realização em pacientes grávidas ou lactantes.

PERGUNTAS PÓS CLAREAMENTO

No caso de ser necessário um retoque como deve ser realizado?

Assim como no clareamento convencional, o retoque do clareamento pode ser feito pela técnica caseira ou de consultório. A diferença está no fato de que, em geral, este “re-clareamento” apresenta um menor tempo de tratamento.

Após a realização do procedimento, quanto dura um clareamento dental externo?

A longevidade de um clareamento é variável de um paciente para outro. Porém, recomendamos um “re-clareamento” a cada 2 ou 3 anos, para que se mantenha os dentes num tom de branco satisfatório.

Entre em contato conosco