Odontopediatria: Cuidados desde os primeiros dentinhos de seu filho(a)

Os cuidados com a higiene bucal das crianças é uma questão importante desde os primeiros dias de vida. Essas questões da odontopediatria trazem aos pais muitas dúvidas em relação a saúde bucal dos pequenos. Mesmo que os dentinhos ainda não tenham nascido.

Geralmente eles surgem a partir dos seis meses e as dúvidas aparecem com bastante frequência nesta época. A nossa Odontopediatra Cristiane Lamber M. C. Ramos, a tia Cris, responde a 5 dúvidas mais comuns dos papais, mamães e responsáveis.

Conheça as principais dúvidas sobre odontopediatria em nosso vídeo:

Devo higienizar a boca do bebê mesmo antes de nascer os dentes?

Dra. Cris: Sim,  a higienização deve ser feita amarrando uma gaze ou fraldinha de pano umedecida no dedo. E, com cuidado, passar por todo o interior da boca, sem esquecer da língua e bochechas. Esse procedimento deve ser realizado após cada mamada ou mamadeira. Assim consegue-se evitar a fermentação do que sobrou na região entre a gengiva e a bochecha e também na língua e abaixo dela.

Quando devo levar meu filho(a) pela primeira vez ao dentista especializado em Odontopediatria?

Dra. Cris: O ideal é quando nascer o primeiro dente decíduo (dente de leite), para que os pais recebam orientação sobre a dieta do bebê, higiene, aplicação de flúor, uso adequado de mamadeira e chupeta e também correção de maus hábitos, como chupar o dedo. Geralmente nas primeiras visitas não é realizado nenhum procedimento mas sim uma ambientação da criança com a profissional e o consultório. A criança é atendida no colo dos pais para sentir segurança e estabelecer um vínculo com os profissionais que irão realizar as orientações e futuramente os procedimentos.

Quando nasce o primeiro dentinho já posso usar pasta dental no bebê?

Dra. Cris: Sim, quando nascer o primeiro dente decíduo (dente leite)  já é  indicado o uso da escova de dentes, desenvolvida de acordo com a idade do bebê. As mais indicadas são as de cerdas macias, cabeça pequena e haste confortável. Juntamente com o uso da escova é necessárior utilizar a pasta com flúor, que deve apresentar    1100 ppm de flúor (informação que você encontra na parte  posterior da embalagem do produto).

A escovação deve ser feita duas vezes ao dia e a quantidade de pasta dental varia conforme a idade da criança:

  • 0 a 3 anos: meio grão de arroz cru
  • 3 a 7 anos: um grão de arroz cru
  • acima de 7 anos:  uma ervilha

Exemplo das quantidades. Modelos: Curaprox kids e Escova Man.

Posso usar a dedeira para higienização do bebê?

Dra. Cris: A dedeira de silicone não é indicada para a escovação do dente da criança, ela é eficaz somente para massagear a gengiva da criança. Sendo recomendado usar a escova de dente desde o nascimento do primeiro dentinho.

Pode ocorrer o tratamento de canal em dentes de leite?

Dra. Cris: Sim. A infecção por cárie, a má formação da dentina e possíveis fraturas são alguns dos motivos que justificam esse tipo de procedimento nos dentes de leite. Muitos  pais ficam surpresos quando são informados que seus filhos precisam tratar o canal pois quando o dente de leite cai não existe mais a raiz. Assim como o dente permanente, o dente de leite  também possui raiz com nervo no seu interior. A diferença é que conforme o dente permanente se aproxima da superfície gengival, a raiz do dente de leite é gradualmente reabsorvida para liberar espaço para o dente permanente. Por esse motivo quando o dente de leite cai o que enxergamos é apenas a parte coronária (externa), sendo que a sua raiz (interna) já foi reabsorvida. O dente de leite possui nervo e as bactérias causadoras da cárie podem chegar até ele causando dor, infecções e edemas.

O uso de antibióticos pode causar cáries?

Dra. Cris: O medicamento em si não. O que pode causar a cárie é o açúcar que contém na composição do antibiótico. Para evitar a cárie o ideal é ministrar o medicamento em horários que você possa fazer a higiene bucal do seu(a) filho(a).

Qual a idade ideal para ir ao ortodontista?

É muito comum os pais não saberem quando levar os seus filhos pela primeira vez a uma consulta com o ortodontista. Ouvimos diversas vezes a seguinte expressão: mas eu levei ao dentista e nunca me informaram que meu filho precisaria usar o aparelho ou que precisaria passar por uma avaliação ortodôntica. Hoje na odontologia são mais de vinte especialidades. Onde cada profissional escolhe seguir pela especialidade que mais se identifica. Essa pratica na medicina já é muito difundida, ou seja, se você está com problemas no coração provavelmente irá procurar por um cardiologista e assim com as outras especialidades medicas. A mesma lógica deve ser utilizada na odontologia. Por esse motivo o ideal é levar seu filho para saber da necessidade de usar aparelho com um ortodontista ainda na infância.

 

Conteúdos relacionados:

mm

Sobre Dra. Cristiane Lamber M. C. Ramos / CRO - SC 8202

  • Graduada em Odontologia pela FOL – UNIMEP, Lins – SP, 2001 a 2004;
  • Pós Graduada em Odontopediatria pela UNESP – Araçatuba – SP, 2005 a 2007;
  • Atualização em Estética e Plastica Dental, AOL – SP, 2004;
  • Sedação Consciente em Oxido Nitroso, THUM – Joinville –SC, 2014;
  • Odontopediatria na Primeira Infância – Clinico de Bebes: Odontologia do futuro , Prof° Maria Salete Nahás Pires Correa, FFO –FOUSP 2015 -2016;
  • 7° Congresso de Odontopediatria , APCD – APO, 2016;
  • Atualização para Especialistas em Odontopediatria, APED/Araraquara, Prof° Flavia Koniski, 2017 – 2018;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.